Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

SAUDADE DOS MEUS AMIGOS VOADORES



Ontem, estava eu, 4/12/2010, em Vitória/ES, dirigindo-me ao Aeroporto para tirar o chéquim (continuo brasileiríssimo!), de volta a Brasília.
Maravilha!!!: Fila rápida e eficiente. Demorou no máximo 8 minutos para eu ser atendido.
Que emoção!!! Entreguei a minha identidade e o cupon do bilhete em tempo nunca dantes experimentado.
O atendente iniciou o procedimento. Silenciosamente e introspectivamente ia preenchendo os dados exigidos pelo seu computador. Sem olhar, cumpria o seu dever burocrático. Neste compasso de espera e reverência monástica, anotava tudo. Até então, sem perguntar algo para mim. Aliás, nem sei ele olhou-me. Sempre cabisbaixo dedicava-se a dialogar com o monitor e o teclado.
Quase no final, para completar o preenchimento de dados, finalmente abriu a boca e perguntou-me:
- " O senhor tem telefone de alguma pessoa em terra?"
Caramba!! Pegou-me de surpresa. Tive a sensação que antecipamos um século e, finalmente, seres de outros universos estavam contectados com a terra.
Não acreditando e na minha teimosia cerebral, perguntei-lhe: - em terra?
Ele respondeu, convictamente:
- Sim!!! Em terra!!
Fiquei a pensar se a empresa aérea já estava aceitando referências pessoais de seres extraterrestres e, a imaginar o nobre atendente ligando para eles informando algum tipo de imprevisto durante o meu voo para Brasília
Acho que se um avião estivesse correndo risco de despencar do Nirvana, certamente ligariam para um amigo extrarrestre, informando-lhe que estamos caíndo no mar.
Fico a imaginar os extraterrestres com suas naves tentando salvar o nosso avião em queda. Isto que é amizade canina, fiel e solidária!!
Em frações de segundos, fiquei a imaginar naqueles filmes de heróis holliudianos, onde o herói seria um extraterrestre voando pelos ares do universo para resguardar a nossa segurança espacial.
Cheguei a matutar o meu cerébro, se já estariam por aqui, há muito tempo e não esqueceram de me informar. E eu que achava que era um cara antenado em tudo!!!!
Voltei a questionar a minha massa cinzenta cerebral : Matutando... matutando... voltei, de novo, na minha inquietação:
aquela frase soava no meu ouvido e corria pelas veias cerebral: suavamente: "telefone de amigo em terra"?
Aquilo cozinhava o meu cerebro.
Finalmente, caminhando pelos labirintos identificáveis do aeroporto, rumo a capital do congestionamento, achei uma justicativa provisória diante da exigência do atendente.
Pensei que poderia ser, metaforicamente, aqueles humanos voadores que vivem ao nosso arredor, sem entender nada, Naquele voador-usuãrio que ficam fumando um baseado e alimentando o traficante.
Sabe-se que a turma de usuários da cocaína ou do crack, depois de cheirar o pó branco misturado com talco, fermento e sal, gosta de ter a sensação de está voando, num profundo delírio galático.
Nunca imaginava que esta galera virou referência para a legitimidade da nossa existência pessoal.
No meu mergulho mental , também, lembrei daqueles que tentamos lhe explicar ... explicar e explicar algo e, sem entenderem nada, imploram para que expliquemos tudo de novo.
Pensei em tantos amigos voadores que adoram modelar o corpo e esvaziar o cérebro.
Pensei naqueles voadores truculentos que na carência da argumentação usam a força, bombada nas academias, para fazer valer o seu desejo e a sua vontade incontida e reprimida.
Quase chegando no espaço aéreo candango, ainda resignado em não compreender a tamanha obviedade e a descabida exigência, restou-me, como alento, render as minhas homenagens aos amigos e amigas voadores que até então pensava que eram seres inúteis e sem contribuição.
Depois deste aprendizado cósmico, numa atitude de penitência e tentando fazer a justa reparação volto a Brasília para estreitar os meus laços afetivos a estes amigos, humanos voadores que tanto os maltrei.
Enquanto isto, receioso de ser amordaçado numa clínica de translúcidos, de forma conservadora, preferi indicar o telefone de minha companheira.

A CIDADE DE VITÓRIA/ES FEZ BEM PARA A MINHA ALMA. TAMBÉM PUDERA, SEU NOME É SUGESTIVO E MÍSTICO. LIBERTOU-ME DO PRECONCEITO. SEREI OBRIGADO A RENDER AS MINHAS HOMENAGENS AOS HUMANOS-VOADORES QUE POR MIM ERAM IGNORADOS.
MESMOS DESDENHADOS, POR NÓS ILIBADOS, LETRADOS E ILUMINADOS, DESCOBRI QUE SÃO SERES IMPRESCINDÍVEIS PARA JUSTIFICAR A EXIGÊNCIA DO NOBRE ATENDENTE, DOTADO DE SORRISO IMPECÁVEL E MENTE DISCUTÍVEL......
VIVA O CÉREBRO DOS HUMANOS-VOADORES!!!!!!!!!!!!

Nenhum comentário: